Como se prepara o novo CUPRA e-Racer para competição

Combinar a performance com a eletrificação, a eficiência e a sustentabilidade. Era esse o desafio da equipa CUPRA no desenho e desenvolvimento do modelo para a competição multimarca de Turismos 100% elétricos, o Pure ETCR. O resultado é o CUPRA e-Racer, que já está pronto para conquistar os circuitos.

Tal como o seu antecessor, o e-Racer foi desenvolvido a partir do CUPRA Leon. A mais recente geração de Turismos conta com o design mais aerodinâmico de sempre, o que permitiu aos engenheiros da CUPRA Racing desenvolver um carro de competição mais dinâmico e potente, capaz de alcançar os 270 km/h. “O chassis é completamente novo, já desenvolvido sobre a plataforma do novo Leon, 50 milímetros mais larga e com um desenho mais eficiente de série. A base da carroçaria e os seus elementos móveis são rigorosamente os de série. Os para-choques, as soleiras das portas, guarda-lamas e o spoiler têm um novo desenho. Além disso, foram adicionados elementos aerodinâmicos como o splitter dianteiro”, diz Xavi Serra, responsável pelo desenvolvimento técnico da CUPRA Racing.
Para compensar o acréscimo de 50 milímetros do CUPRA Leon no qual se baseia o e-Racer e a nova estrutura de proteção da bateria, vários elementos foram reconfigurados. “Otimizámos o peso de muitos componentes. No interior, a carroçaria recebeu mudanças importantes para instalar a bateria e os restantes componentes elétricos. Não só reforçámos o arco de segurança para efeitos de competição, como também trabalhámos com novos componentes para obtermos um maior nível de rigidez torsional”, revela o responsável pelo desenvolvimento técnico da CUPRA Racing.
Para compensar o acréscimo de 50 milímetros do CUPRA Leon no qual se baseia o e-Racer e a nova estrutura de proteção da bateria, vários elementos foram reconfigurados. “Otimizámos o peso de muitos componentes. No interior, a carroçaria recebeu mudanças importantes para instalar a bateria e os restantes componentes elétricos. Não só reforçámos o arco de segurança para efeitos de competição, como também trabalhámos com novos componentes para obtermos um maior nível de rigidez torsional”, revela o responsável pelo desenvolvimento técnico da CUPRA Racing.
Para compensar o acréscimo de 50 milímetros do CUPRA Leon no qual se baseia o e-Racer e a nova estrutura de proteção da bateria, vários elementos foram reconfigurados. “Otimizámos o peso de muitos componentes. No interior, a carroçaria recebeu mudanças importantes para instalar a bateria e os restantes componentes elétricos. Não só reforçámos o arco de segurança para efeitos de competição, como também trabalhámos com novos componentes para obtermos um maior nível de rigidez torsional”, revela o responsável pelo desenvolvimento técnico da CUPRA Racing.
Este será a referência para a próxima competição de Turismos multimarca 100% elétricos, o Pure ETCR.


A nova imagem do e-Racer também mudou: jantes com mais tons distintos de cobreado e maior presença do blue petrol na carroçaria, em combinação com branco. “Quisemos combinar o ADN da CUPRA com um perfil mais aerodinâmico. Para isso, desenharam-se novos gráficos progressivos com detalhes em cobreado que, além do dinamismo, definem e suavizam a união entre as duas partes da carroçaria em branco e azul”, diz Francesca Sangalli, responsável pelo conceito de Color&Trim e Concept&Strategy.
Este será a referência para a próxima competição de Turismos multimarca 100% elétricos, o Pure ETCR.


A nova imagem do e-Racer também mudou: jantes com mais tons distintos de cobreado e maior presença do blue petrol na carroçaria, em combinação com branco. “Quisemos combinar o ADN da CUPRA com um perfil mais aerodinâmico. Para isso, desenharam-se novos gráficos progressivos com detalhes em cobreado que, além do dinamismo, definem e suavizam a união entre as duas partes da carroçaria em branco e azul”, diz Francesca Sangalli, responsável pelo conceito de Color&Trim e Concept&Strategy.
Este será a referência para a próxima competição de Turismos multimarca 100% elétricos, o Pure ETCR.


A nova imagem do e-Racer também mudou: jantes com mais tons distintos de cobreado e maior presença do blue petrol na carroçaria, em combinação com branco. “Quisemos combinar o ADN da CUPRA com um perfil mais aerodinâmico. Para isso, desenharam-se novos gráficos progressivos com detalhes em cobreado que, além do dinamismo, definem e suavizam a união entre as duas partes da carroçaria em branco e azul”, diz Francesca Sangalli, responsável pelo conceito de Color&Trim e Concept&Strategy.
Notícia anterior
Próxima Notícia