SEAT doa 100.000€ ao projeto contra o COVID-19


A companhia colabora com a Fundação de Luta Contra a SIDA no desenvolvimento de uma vacina para o COVID-19.A investigação é liderada pelo Dr. Buenaventura Clotet, presidente da instituição e membro honorário do Comité Científico de Empresa Saudável da SEAT.
Este contributo solidário é mais um sinal do forte compromisso da empresa com o bem-estar e a saúde da sociedade


Há anos que a SEAT se compromete na promoção da saúde e bem-estar dos seus funcionários e da sociedade. Na sequência deste compromisso, a empresa doou 100.000 euros à iniciativa #YoMeCorono para ajudar na investigação e desenvolvimento de uma vacina contra o vírus do COVID-19. O projeto #YoMeCorono é liderado pelo Dr. Buenaventura Clotet, presidente da Fundação de Luta Contra a SIDA, diretor do IrsiCaixa e membro honorário do Comité Científico de Empresa Saudável da SEAT, juntamente com os principais investigadores dos centros integrados no consórcio CBIG. O CBIG é composto pelo Centro de Investigação em Saúde Animal (CReSA), com longa experiência no estudo de coronavírus, pelo Centro de Supercomputação de Barcelona (BSC) e IrsiCaixa, e conta com o apoio de Grifols.

Com este donativo, a SEAT volta a focar-se em ajudar a população e a comunidade de saúde com uma iniciativa solidária. Esta ação vem juntar-se aos diferentes projetos liderados pela empresa automóvel que tem levado a cabo nos últimos meses de forma voluntária, como a produção de respiradores de emergência e máscaras.

“A SEAT é uma companhia solidária e comprometida com a saúde e bem-estar da sociedade, e por isso sentimo-nos orgulhosos por contribuir para a investigação de uma vacina contra o COVID-19 através da campanha #YoMeCorono. Desde o início desta pandemia, a SEAT quis contribuir para ajudar a melhorar a situação durante a emergência de saúde”, assinalou Carsten Isensee, presidente da SEAT e vice-presidente de finanças.

Por seu lado, o Dr. Buenaventura Clotet, Fundação de Luta Contra a SIDA, diretor do IrsiCaixa e membro honorário do Comité Científico de Empresa Saudável da SEAT, comentou: "Esta contribuição é uma ajuda muito importante para se poder encontrar mais rapidamente uma ferramenta eficaz para combater o COVID-19. A este respeito, gostaria de agradecer à SEAT o seu constante empenho na sociedade e no bem-estar das pessoas. Todos unidos vamos torná-lo possível”.





Notícia anterior
Próxima Notícia