Atualização extensiva: EQS agora com uma estrela vertical e mais autonomia

Elevado estatuto com a nova grelha frontal com aplicações cromadas e estrela vertical
Mais adequado para viagens de longa distância graças à maior capacidade da bateria
Bancos ainda mais confortáveis: Pack bancos traseiros conforto Plus com bancos conforto Plus
Ainda mais versátil graças à capacidade de reboque de até 1.700 kg nas versões 4MATIC
Equipamento ainda mais requintado com a edição especial MANUFAKTUR Selection

Desde o seu lançamento, a Mercedes‑Benz tem desenvolvido continuamente o EQS e os seus modelos da gama EQ. A marca respondeu mais rapidamente do que nunca às reações do mercado e dos clientes com inúmeras atualizações de produto. Para a atualização de 2024, o EQS recebe um conjunto de atualizações extremamente vasto. O porta-estandarte elétrico vem com uma autonomia até 82 quilómetros superior, uma nova grelha frontal com aplicações cromadas, uma estrela Mercedes vertical no capot e ainda mais conforto nos bancos traseiros.

O EQS já era um dos automóveis elétricos com maior autonomia. No futuro, os clientes poderão percorrer ainda mais quilómetros sem parar para carregar. Graças ao aumento da capacidade da bateria de 108,4 para 118 kWh, a autonomia máxima do EQS 450+ (consumo de energia em ciclo combinado: 19,9 – 16,3 kWh/100 km | emissões de CO2 em ciclo combinado: 0 g/km | classe de emissões de CO2: A)1 excede a marca dos 800 quilómetros.

A Mercedes‑Benz aumentou a capacidade de reboque dos modelos EQS e EQE limousine equipados com sistema 4MATIC, de 750 para 1.700 quilos. Isto significa que podem alcançar um nível semelhante ao dos modelos derivados na variante SUV. Por exemplo, os clientes podem agora rebocar um atrelado de transporte de cavalos.

Outra medida técnica: devido à elevada proporção de recuperação de energia nas viagens do dia a dia, os discos de travão são utilizados com menos frequência do que nos modelos com motor de combustão.

Apesar do equipamento de série mais completo, os preços indicativos mantêm-se inalterados. 

Visual moderno EQ combinado com a icónica estrela da Mercedes: a nova grelha frontal

A característica distintiva dos automóveis EQ é a grelha frontal em preto, que se une perfeitamente com os faróis. Os projetistas aperfeiçoaram agora esta característica independente para o EQS: o modelo porta-estandarte elétrico está equipado com uma nova grelha frontal com aplicações cromadas, de série na linha de design Electric Art. As lamelas cromadas e embutidas criam um contraste elegante com o preto profundo envolvente. Esta grelha é combinada com uma estrela vertical no capot para dar forma ao visual moderno do EQ, com o símbolo icónico e de estatuto da Mercedes‑Benz.

Os detalhes de alta qualidade também são evidentes no interior: as saídas de ventilação nos pilares B integram agora uma moldura revestida em cromado galvanizado. As almofadas adicionais nos bancos traseiros são agora atualizadas com um rebordo decorativo em pele Nappa.

Melhorias contínuas no conforto dos bancos traseiros

Os EQS equipados com o Pack bancos traseiros conforto Plus, opcional, com bancos conforto Plus dispõem agora de um apoio especial inclinado para os pés no lado direito do compartimento traseiro. Colocado entre as calhas do banco dianteiro, aumenta significativamente o conforto do passageiro traseiro, uma vez que os pés podem ser colocados a um determinado ângulo.

Este último pormenor é mais uma, mas não a única, comodidade do Pack bancos traseiros conforto Plus: o banco do passageiro pode ser rebatido para a frente e o encosto do banco traseiro pode ser ajustado até 38 graus. Esta funcionalidade proporciona mais espaço. O equipamento opcional inclui também aquecimento dos bancos, aquecimento do pescoço e dos ombros dos passageiros do banco traseiro, bem como regulação pneumática da profundidade do banco. Um componente de revestimento iluminado está integrado no encosto dos bancos dianteiros.

O aumento do conforto dos bancos traseiros do EQS em vários níveis também se aplica ao Pack bancos traseiros, que já é de série. O ângulo do encosto do banco pode ser ajustado de 27 a 36 graus através de um botão. O visual dos revestimentos dos bancos em camadas realça o carácter individual dos bancos. Cinco milímetros adicionais de espuma no encosto e nos apoios laterais garantem uma experiência ainda mais confortável.

Mudança automática de faixa de rodagem em autoestradas de duas faixas

Com a função "Mudança automática de faixa de rodagem" (ALC), a Mercedes‑Benz oferece agora também um desenvolvimento inteligente dos sistemas de assistência à condução na gama SAE Nível 2[1] na Europa. A mudança automática de faixa de rodagem é apoiada em autoestradas com duas faixas de rodagem estruturalmente separadas, com um limite de velocidade especificado não superior a 140 km/h. Nos modelos EQS de 2024, a função é de série.

A função Mudança Automática de Faixa de Rodagem é uma funcionalidade do Assistente Ativo de Distância DISTRONIC com Assistente Ativo da Direção. Se for detetado um veículo mais lento à frente, o modelo pode iniciar a mudança de faixa de rodagem dentro de uma gama de velocidades de 80‑140 km/h. Se os radares detetarem espaço suficiente e as marcações rodoviárias forem identificadas, o modelo pode ultrapassar o veículo mais lento de forma totalmente automática. Para que tal seja possível, o veículo deve circular numa autoestrada com pelo menos duas faixas, deve reconhecer o limite de velocidade legal da estrada e estar equipado com Sistema de Navegação do MBUX. O sistema não necessita de qualquer ação adicional por parte do condutor para executar a mudança automática de faixa de rodagem.
 

O condutor continua a ser o responsável pela condução do veículo. As mudanças de faixa devem, portanto, ser monitorizadas continuamente. A Mercedes‑Benz já disponibiliza a mudança automática de faixa de rodagem em algumas séries de modelos nos Estados Unidos e Canadá.

Edição especial MANUFAKTUR Selection

Com o MANUFAKTUR Selection, o EQS limousine está disponível numa edição especial com equipamentos particularmente requintados. Esta versão exclusiva inclui a pintura metalizada Preto Obsidian como cor principal, estando também disponíveis, opcionalmente, as pinturas MANUFAKTUR branco Opalite e MANUFAKTUR preto Night magno. A linha de design exterior Electric Art de série inclui o design exterior AMG e a nova grelha frontal com aplicações cromadas e uma estrela vertical no capot. Estão equipadas jantes em liga leve AMG multiraios de 21”.

Também de série em combinação com esta edição especial, o Pack bancos traseiros conforto Plus e o Pack interior MANUFAKTUR, este último com estofos especiais MANUFAKTUR em pele Nappa exclusiva em branco/preto. Os equipamentos específicos da edição especial incluem o revestimento dos bancos com pesponto contrastante e rebordo cinzento prateado, bem como bordados em rosé Gold, os apoios de cabeça com uma estrela Mercedes bordada em rosé Gold e os revestimentos das embaladeiras das portas. Integram um revestimento em preto, com inscrição e insígnia Mercedes‑Benz iluminadas. Os tapetes integram uma estrela Mercedes bordada e rebordo em branco com pesponto rosé Gold.

Os componentes de revestimento são fabricados em madeira antracite porosa, e a consola central integra uma insígnia exclusiva da edição "MANUFAKTUR Selection". Para o revestimento do tejadilho foi selecionada a microfibra MICROCUT em preto. A edição MANUFAKTUR Selection pode ser combinado com todas as motorizações.

Sabia que...

... o MBUX Hyperscreen é de série no EQS? Neste equipamento, três displays são unidos na perfeição para criar uma única unidade visual com mais de 141 centímetros de largura.

... a bomba de calor, agora de série, aumenta o conforto e a eficiência da climatização? O calor residual da cadeia cinemática elétrica (inversor e motor elétrico) e da bateria de alta tensão pode ser utilizado para aquecer o ar no interior do habitáculo. Isto permite reduzir significativamente o consumo de energia da bateria, aumentando desta forma a autonomia.

... a designada unidade de desacoplamento nos modelos equipados com 4MATIC desacopla automaticamente o motor elétrico no eixo dianteiro, em função da situação de condução e da potência necessária? Em condições de baixa carga, a unidade de desacoplamento comuta para o modo de tração 4x2. Posteriormente, o motor elétrico e a caixa de velocidades no eixo dianteiro permanecem estáticos. Isto permite aumentar a autonomia.

... o nível de recuperação de energia do EQS foi aumentado? A maior desaceleração (até 3 m/s2) significa que é recuperada mais energia, o que resulta numa maior autonomia. A Mercedes‑Benz também otimizou o sistema de travagem: agora o condutor sente mais o efeito das operações no pedal graças à bomba modificada do sistema de travagem.

... muitas das atualizações no EQS são realizadas através da tecnologia "over-the-air" (OTA)? Estas incluem, por exemplo, Dolby Atmos®, a aplicação web YouTube e o guia digital de viagem.

... o serviço de manutenção, é agora de série em todos os modelos EVA 2 (EQS, EQE, EQS SUV, EQE SUV)? Este inclui toda a manutenção necessária durante 6 anos ou 90.000 km (o que ocorrer primeiro). A Mercedes‑Benz irá implementar este serviço em todos os mercados europeus no segundo trimestre de 2024.

... o EQS pode ser ligado e trancado facilmente com o pack conforto KEYLESS-GO, com preparação para Chave Digital do Veículo[2] (de série) se o condutor tiver um dispositivo móvel compatível[3]? A partilha de chave também é possível: os membros da família ou pessoas conhecidas do proprietário podem ser convidados, por meio digital, a utilizar o veículo.

... os condutores de um EQS e EQS SUV podem carregar gratuitamente estes modelos nos postos de carregamento da IONITY durante um ano? Isto aplica-se a partir da data de ativação do IONITY Unlimited através do Mercedes me Charge[4]. No total, o serviço Mercedes me Charge une mais de 1,5 milhões de pontos de carregamento de mais de 1.300 operadores de postos de carregamento em todo o mundo, tornando-o atualmente numa das maiores redes de carregamento público do mundo.

[1] Os sistemas de assistência à condução e de segurança da Mercedes-Benz são auxílios e não isentam os condutores das suas responsabilidades. O condutor deve consultar e seguir as instruções no manual do proprietário e respeitar os limites dos sistemas nele descritos.

[2] Para utilizar os serviços Mercedes me connect, deve criar uma conta Mercedes me e aceitar os Termos de Utilização dos serviços Mercedes me connect. Adicionalmente, o respetivo veículo deve ser vinculado à conta de utilizador. Após o termo do prazo inicial, os serviços podem ser prolongados mediante o pagamento de uma tarifa, desde que continuem a ser oferecidos para o veículo em questão. Os serviços podem ser ativados pela primeira vez no prazo de um ano após o registo inicial ou a entrada em funcionamento pelo cliente, consoante o que ocorrer primeiro. Para utilizar a Chave Digital do Veículo será necessário armazenar os dados do cliente.

[3] No lançamento de mercado, a Chave Digital do Veículo é compatível com o iPhone 11 e versões posteriores (exceto iPhone SE) e com o Apple Watch 6 e versões posteriores (exceto Apple Watch SE). Para tal, o veículo deve estar equipado com UWB. A Mercedes-Benz trabalha continuamente na expansão da compatibilidade com outros dispositivos.

[4] Para utilizar o serviço “Mercedes me Charge” dos serviços Mercedes me connect, é necessário estabelecer um contrato de carregamento separado com um operador terceiro selecionado, através do qual é efetuado o pagamento e a faturação dos processos de carregamento. Para utilizar os serviços Mercedes me connect, deve criar uma conta Mercedes me e aceitar os Termos de Utilização dos serviços Mercedes me connect.

Notícia anterior
Próxima Notícia